bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Sábado, das 9h às 14h.

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação empresa CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Luz intensa pulsada em Porto Alegre

A luz intensa pulsada é uma tecnologia usada para tratamentos dermatológicos, como manchas na pele, rosácea, rugas finas, sardas, foliculite, acne, telangiectasias, olheiras e mesmo depilação. Ela opera usando uma grande variedade de ondas e tem ação mais suave que o laser.

Por usar uma fonte de luz não coerente (ou seja, não colimada e policromática), a luz intensa pulsada é uma tecnologia não ablativa. Com um comprimento de onda e potência menor que um laser comum, o que significa menos temperatura e poder de penetração, ele possibilita um tratamento de investimento reduzido.

Como trabalha a luz intensa pulsada

Destinado a tratamentos superficiais, a luz intensa pulsada opera usando a fototermólise seletiva. Ela cria uma lesão térmica nos cromóforos, seja por desnaturação, alteração na estrutura química ou lesão mecânica decorrente da rápida expansão térmica ou alteração de estado físico.

Os cromóforos são moléculas que absorvem radiação luminosa. Eles são identificados no tecido cutâneo como água e melanina, e também nas células sanguíneas hemoglobina, oxihemoglobina. É possível encontrar cromóforos também nos pigmentos exógenos, como tinta de tatuagem. Quando essa molécula absorve radiação luminosa, ela aumenta sua temperatura, o que provoca sua quebra, e posterior eliminação pelo sistema imunológico.

tratamento de manchas na pele e veias aparentes com luz intensa pulsada

Essa tecnologia possibilita reduzir a pigmentação da pele e as lesões vasculares cutâneas, ajudando no rejuvenescimento do paciente.

A melanina é o pigmento responsável pela cor de nossa pele e sua concentração tem influência direta nos resultados da fototermólise seletiva. Quanto menos melanina na pele, mais clara ela é, e melhor vai ser a resposta do tratamento, porque a luz intensa pulsada terá mais facilidade em diferenciar o que ela quer eliminar, com danos reduzidos as estruturas saudáveis. Pacientes com maior quantidade de melanina também podem receber o tratamento, mas para evitar queimaduras, a potência do equipamento precisa ser reduzida, o que aumenta o número de sessões.

A luz intensa pulsada estimula a produção de colágeno e causa um dano reversível ao colágeno existente, com a luz que penetra na pele causa contração nas fibras. Após um período inflamatório, no qual a proteína é remodelada, ela volta a exercer sua função de estruturação da pele.

A reação da derme à agressão é, além de reorganizar as fibras elásticas, produzir colágeno por fibroblastos. Estes são estimulados durante a produção de mediadores inflamatórios produzidos pelo tecido adjacente, devido ao calor dissipado pelos vasos sanguíneos, cromóforos que também sofrem com a ação da luz intensa pulsada.

É comum, depois do tratamento, respostas como edema, eritema e até mesmo vesiculação e formação de crostas durante a reação inflamatória. Essas respostas desaparecem naturalmente nos dias seguintes.

Revitalização da pele com luz intensa pulsada

Segundo a literatura médica, o mecanismo da luz intensa pulsada ocasiona atividade de fibroblasto, hiperplasia de fibroblasto e rearranjo de colágeno e elastina dentro do estroma. Durante o processo de remodelação , o aumento da espessura da pele em função da deposição e reorganização do colágeno em arranjos paralelos com fibrilas compactas é esperado. Assim como as modificações nos tratamentos vasculares, pilossebáceos e de hipercromia, o novo arranjo do colágeno e a diminuição das rugas são percebidos em um intervalo que pode variar entre três e 18 meses.

tratamento com luz intensa pulsada ativa colágeno e ajuda na revitalização da pele

Estudos recentes também constataram aumento dos capilares sanguíneos em regiões tratadas com luz intensa pulsada, o que significa uma maior vascularização e consequente melhor nutrição da pele. O tratamento raramente ocasiona hiperpigmentação ou cicatrizes. No tratamento de melanoses é comum o surgimento de microcrostas contendo melanina após um ou dois dias da aplicação, estas formações tendem a cair dentro de duas semanas e revelar uma pele renovada.

O tratamento com luz intensa pulsada é realizado com equipamento aprovado pela Anvisa, segundo as normas ISO 9001:2008 e não requer que você se afaste da rotina durante.

Saiba mais sobre remoção de tatuagens e depilação a laser.


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife