bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Sábado, das 9h às 14h.

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação empresa CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Reeducação alimentar para obesidade

Atualmente apontada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo, a obesidade é o acúmulo de gordura no corpo geralmente causado pela ingestão de calorias alimentares superior ao gasto energético correspondente.

homem com obesidade e barriga grande em frente ao espelho

De acordo com a OMS, a projeção é que em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso, e mais de 700 milhões encontrem-se com algum nível de obesidade. Alguns levantamentos indicam que mais de 50% da população está atualmente acima do peso ideal no Brasil, que está em 5º lugar no ranking mundial de obesidade, ficando atrás somente dos Estados Unidos, China, Rússia e Índia.

É também um fator de risco determinante para diversas doenças, indicando maior propensão a desenvolver hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, artrose, pedra na vesícula, artrite, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula e apneia, além de aumentar os riscos de acidente vascular cerebral (AVC).

Nos homens obesos, pode haver redução da testosterona e, consequentemente, de libido e problemas de ereção. Já as mulheres podem apresentar redução dos níveis de hormônio feminino e aumento dos masculinizantes, influindo no aumento de pelos, irregularidade menstrual e infertilidade.

O sobrepeso e a obesidade podem ser medidos através do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), feito com base no peso dividido pela altura multiplicada por 2 (kg/m²). O resultado precisa ser comparado com uma tabela pré-definida que classifica o problema em quatro graus: pré-obesidade (25.0 – 29.9), obesidade grau I (30.0 – 34.9), obesidade grau II (35.0 – 39.9) e obesidade grau III (IMC superior a 40.0).

Essa classificação é importante para determinar os métodos de tratamento, que podem variar desde a mudança de pequenos hábitos alimentares até mesmo uma cirurgia bariátrica (redução de estômago). Ainda assim, a solução mais indicada por nutrologistas é a reeducação alimentar aliada a exercícios físicos, reduzindo os açúcares, sódio (carnes processadas, refrigerantes, temperos prontos) lipídios (frituras) e carboidratos (farinhas e massas).


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife