bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Sábado, das 9h às 14h.

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação empresa CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Hiperidrose crânio facial

Hiperidrose é o excesso de suor para além da necessidade de termorregulação. O problema é identificado como um distúrbio no sistema nervoso simpático que provoca a hiperatividade das glândulas sudoríparas independentemente da temperatura. Geralmente associado a falta de higiene, nem sempre o suor excessivo produz mau odor, no entanto, quem sofre de hiperidrose geralmente é vítima de constrangimento em função dessa relação comum entre suor e mau cheiro.

O couro cabeludo e o rosto estão entre as áreas mais comuns de incidência do problema, sendo chamados de hiperidrose facial. A produção excessiva de suor na cabeça pode ser reduzida com toxina botulínica, anticolinérgicos ou cirurgia.

A toxina botulínica, muito conhecida por sua finalidade estética na suavização de rugas, atua de forma semelhante no tratamento da hiperidrose. Para reduzir a atividade das glândulas sudoríparas, a toxina impede a comunicação com o cérebro, bloqueando o neurotransmissor acetilcolina que carrega a ordem de produção do suor. O tratamento é eficaz, mas precisa ser realizado por um profissional qualificado por ser uma área extremamente delicada.

Outra opção para o tratamento de hiperidrose facial são os remédios anticolinérgicos utilizados no tratamento de incontinência urinária. Esses medicamentos são aprovados pela Anvisa para controlar a atividade renal, mas podem ocasionar efeitos colaterais que afetam também a produção de outros fluidos, como saliva, suor e a lubrificação ocular. No entanto, não é recomendado utilizar remédios com a intenção de obter um efeito colateral como efeito primário, podendo haver prejuízo às funções do organismo.

A cirurgia de simpatectomia torácica é a solução mais incisiva no tratamento da hiperidrose facial. O procedimento desconecta parte do sistema nervoso simpático para tentar reduzir o suor excessivo na cabeça. No entanto, sua realização implica em todos os riscos de uma cirurgia, além de demandar internação, afastamento da rotina para recuperação e cuidados especiais antes e depois do ato cirúrgico. Além disso, não raro, esta cirurgia ocasiona sudorese compensatória, gerando o aumento de suor em outra região corporal para compensar o bloqueio.

O tratamento com toxina botulínica não é definitivo, mas por ser uma área onde não há muita movimentação dos músculos os resultados duram mais tempo, geralmente entre oito e 12 meses - diz o neurocirurgião responsável técnico da Clínica Leger Porto Alegre Dr. Rodrigo Mafaldo (CRM 30475 / RQE 25595). A aplicação é realizada com anestesia local no próprio consultório médico e permite o retorno às atividades de rotina no mesmo dia. Uma consulta de avaliação presencial é necessária para considerar ou não o paciente apto ao tratamento. O acompanhamento é feito sete dias após o procedimento para avaliar a evolução do paciente.

Leia também: Hiperidrose nas mãos e pés
Hiperidrose no couro cabeludo
Hiperidrose axilar
Hiperidrose axilar sem cirurgia


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife